sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

domingo, 24 de novembro de 2013

Acorda Brasil !

Nas palavras imortais de Frederick Douglas: O poder não dá nada que não lhe seja exigido. Nunca deu e nunca dará. Descubra a quê algum povo submeteu-se em silêncio, e você terá a exata medida da injustiça e dos malfeitos impostos àquele povo, e a injustiça e os malfeitos continuarão, até que o povo se levante contra eles, seja com palavras seja com armas, ou com ambos. Os limites de cada tirano podem ser medidos pela capacidade de tolerar dos que eles oprimem.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Anonymous Brasil - We Are Anonymous!: Mujica critica sociedade capitalista em discurso n...

Anonymous Brasil - We Are Anonymous!: Mujica critica sociedade capitalista em discurso n...: Presidente uruguaio lamentou embargo a Cuba, colonialismo nas Malvinas e a pobreza na América Latina O presidente do Uruguai, José M...

Parabéns. Finalmente um "raro espécime" falando a verdade que deveria ser o foco de todos governantes de todos os países do mundo.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Anonymous Brasil - Danilo Gentili critica e ridiculariza a Justiça Brasileira.

Com a ressalva e parabenizando aos Exmos Ministros que votaram contra, sou obrigado a concordar com o apresentador. Infelizmente...

Anonymous Brasil - We Are Anonymous!: Danilo Gentili critica e ridiculariza a Justiça Br...: Em apresentação no programa Agora é Tarde, Danilo Gentili criticou, ironizou e proferiu piadas sobre a atuação situação do Brasil e de...

terça-feira, 25 de junho de 2013

Chamado à Polícia - #oGIGANTEacordou


Perfeito. A polícia deve reprimir energicamente aqueles que tentam denegrir as manifestações, causando vandalismo e criando o caos.

Fazendo isso, conseguirá dar mais força às reivindicações, aos protestos e ao que é correto e justo.

Indiretamente, cumprindo seu dever legal de reprimir os crimes que ocorrem, causados pelos infiltrados nas manifestações, estará apoiando o movimento.

Sabemos que em todas as instituições e sociedades ou melhor, onde há seres humanos, sempre haverá o joio no meio do trigo.

Sabemos que a maioria segue a lei e seus regulamentos.

E também sabemos que este é um momento muito difícil, especialmente para a Polícia, pois é onde sempre chega o primeiro impacto e onde a maioria dos governantes quer que o problema se resolva, livrando-os de outras tomadas de decisões que possam por em risco sua imagem pública.

Está na hora de expurgar o joio do meio do trigo em todos os níveis, tanto na iniciativa privada como no serviço público.

Parabéns à todos os policiais que atuam com profissionalismo e honestidade, pois colocam todos os dias suas vidas em risco em prol da segurança alheia e honram seu juramento à farda e à Pátria !


P

Anonymous e as mentiras do discurso da Dilma Rousseff

terça-feira, 5 de março de 2013

INCRA assenta mandante do assassinato de extrativistas em Nova Ipixuna

INCRA assenta mandante do assassinato de extrativistas em Nova Ipixuna Publicado em Segunda, 04 Março 2013 14:22 José Rodrigues Moreira recebeu o mesmo lote pelo qual ele mandou matar o casal. Confira Nota assinada pela CPT em Marabá. José Rodrigues Moreira, mandante do assassinato do casal de extrativistas (José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo Silva) foi assentado pela Superintendência do INCRA de Marabá no mesmo lote, pelo qual, ele mandou matar o casal. A decisão do INCRA beneficiando o mandante dos crimes se deu no último dia 14 de dezembro. José Rodrigues comprou ilegalmente 144 hectares de terra, pelo valor de 100 mil reais, no interior do Assentamento Agroextrativista Praia Alta Piranheira, em 2010. Uma área de floresta primária com grande incidência de castanheiras, cupuaçus e açaís, usada para atividade extrativista. Em metade da área que ele comprou existiam 03 famílias que passaram a serem ameaçadas de expulsão por José Rodrigues. Frente à ameaça de expulsão, o casal de extrativistas deu apoiou às famílias e impediu que José Rodrigues as expulsasse e se apropriasse da área. Por essa razão, José Rodrigues decidiu mandar matar o casal. O crime ocorreu no interior do Projeto de Assentamento no dia 24 de maio de 2011. Logo após comprar ilegalmente os lotes, José Rodrigues, levou para o local, 130 cabeças de gado. O passo seguinte seria derrubar a floresta para formar pastagem. Sua pretensão contava com a oposição do casal que fazia a defesa da floresta. Tudo isso foi apurado e comprovado pelas investigações da polícia, logo após a morte do casal. A CPT, a FETAGRI, o STR de Nova Ipixuna e a Associação do Assentamento, entregaram todos esses documentos nas mãos do superintendente do INCRA de Marabá, Edson Bonetti, com pedido de retomada dos lotes. Mas, em vez de promover a retomada, o superintendente, fez foi autorizar o assentamento do criminoso nos lotes. Um prêmio para o mandante das mortes que se encontra preso e que irá a júri no próximo dia 03 de abril em Marabá. Os Movimentos Sociais vão requerer ao Ministério Público Federal apure o caso e que instaure inquérito contra o Superintendente do INCRA de Marabá para investigar sua participação nessa ação ilegal. Marabá, 03 de março de 2013. (Postagem original http://www.cptnacional.org.br/index.php/noticias/12-conflitos/1487-incra-assenta-mandante-do-assassinato-de-extrativistas-em-nova-ipixuna)

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Meu blog é neutro em carbono - Replantando a ideia


Serão precisos 250 bilhões de mudas de árvores para atender a recomendação vencedora pela internet durante votação da Rio+20
A recomendação vencedora restaurar imediatamente 150 milhões de ha de florestas desmatadas e terras degradadas foi votada pela internet, por pessoas do mundo inteiro que se inscreveram no site Rio+20 Dialogues, um portal de diálogos temáticos criado pela ONU em parceria com o governo brasileiro, inaugurado em 16 de abril.
Os 10 painéis promovidos pelo governo brasileiro dentro da programação paralela da Rio+20 reúnem especialistas, acadêmicos, sociedade civil e mídia. Ao final dos debates são extraídas as três principais recomendações a serem levadas para votação pelos chefes de Estado, nos últimos dias da conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, de 20 a 22 de junho.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Pense

"Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que sua sociedade está condenada” - Ayn Rand - judia russa que fugiu da Rússia nos anos 1920, autora do livro A Revolta de Atlas.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Maconha é boa !!!!! ???


Reproduzo o texto abaixo, pois é exatamente isso que acho dessa vergonhosa manifestação à favor da liberação do uso da maconha. Deveriam marchar em favor da educação melhor, saúde melhor, uma melhor arrecadação de impostos, uma melhor distribuição de renda, estradas, empregos, políticos melhores, leis melhores, uma melhor aplicação da lei, revisão e atualização da CLT, revisão e atualização da Lei de Execuções Penais, redução da maioridade penal e aí afora. Tanta coisa que deveria haver manifestação generalizada, mas não, "vamo liberar a maconha". Aff... !!! Primeiro começará com a maconha, depois ...

_________________________________________________________________________________
Engolindo a passeata da maconha

29/05/2012

 Aloísio de Toledo César

Dias atrás, um grupo de pessoas seguiu em passeata pelas ruas de São Paulo com o propósito de exaltar o uso da maconha e defender a "descriminalização" da droga. Curiosamente, elas seguiam felizes e alegres, como se estivessem a fazer um bem à humanidade, mas, certamente, sem perceber quanto é ofensivo esse seu alheamento em relação ao que se passa no mundo.

Para essas pessoas desligadas da realidade, e que parecem olhar somente para o próprio umbigo, a bandeira da maconha representa uma enganosa luta pela liberdade. Fica a impressão de que nenhuma delas jamais se preocupou com a vida dos que estão à sua volta, na sua rua, na sua cidade, ou com os milhões de paulistanos que acordam às 4 horas da madrugada para se espremerem em ônibus e trens rumo ao trabalho, ou sofrem nas filas dos hospitais. A melhora das condições do ensino, de saúde e de vida do País não parece ser para essas pessoas tão importante como liberar o uso do baseado e, assim, ensinar desde cedo às crianças que essa prática é normal e até mesmo saudável.

Será que essas pessoas um dia vão ter a grandeza de utilizar sua inteligência para agirem em defesa dos mais necessitados ou preferirão seguir a vida sem perceber o que acontece ao lado delas? O vício, que é o oposto da virtude, tende a levá-los a um desfecho sempre ruim, sem que nos momentos de embalo se deem conta disso.

O alheamento e a indiferença ofensiva talvez não sejam culpa direta dessas pessoas, parecendo já refletir uma consequência do uso da droga, a qual inapelavelmente introduz modificações no caráter e acentua a capacidade de tolerância e permissividade entre os usuários. O lado trágico da vida, consistente em não ser desejado, mas ter enormes desejos, costuma empurrar os mais frágeis para a fuga das drogas, que surge na primeira fase como uma compensação, sempre passageira.

Os estudiosos dos tóxicos são claros em afirmar que a maconha, quando chega ao cérebro, estimula a liberação de uma dose extra de um neurotransmissor, provocando compensatórias sensações de prazer. O organismo do usuário, na medida em que o uso se prolonga, tenta se ajustar a esse hábito, e o cérebro acaba por adaptar seu próprio metabolismo para absorver os efeitos da droga. E acaba por ocorrer no usuário uma tolerância ao tóxico - e esta constitui o início dos estragos, porque uma dose, que normalmente faria grande efeito, se torna em pouco tempo inócua, criando uma dependência de cura dificílima.

Os médicos que trabalham em hospitais psiquiátricos especializados no tratamento de drogados costumam dividir a dependência em duas: a dependência física, avassaladora para o organismo, porque tem necessidade extrema da droga; e a dependência psicológica, que afeta principalmente os usuários de maconha. Por estarem psicologicamente dependentes da droga, os viciados em maconha procuram respostas boas dentro de si próprios, como a de que não são viciados, porque a droga, na visão deles, não vicia; e a de que se sentem capazes de parar com o uso quando quiserem. Sucede que não param nunca, porque, até mesmo como efeito social da droga, passam a conviver com pessoas iguais, as quais sempre têm razões de sobra para desejar e conseguir um baseado.

O pior de tudo é que para obter a droga passam a ter de fazer concessões íntimas e submeter-se a exigências que tendem a degradar o ser humano. É uma caminhada no plano inclinado que muitas vezes conduz à pior opção de todas: a criminalidade.

Sempre que vejo pessoas defendendo o uso aberto da maconha me lembro dos adolescentes de arma em punho nos cruzamentos das grandes cidades. Eles têm extrema necessidade de dinheiro, porque, se não pagarem ao traficante que lhes adiantou a droga, pagarão com a vida. Daí por que ficam com o "dedo mole", a qualquer movimento do assaltado puxam o gatilho. Matar ou não matar não faz diferença alguma, principalmente se forem menores e, por isso, inimputáveis.

Verifica-se com tristeza nos meios policiais e no Judiciário que os grupos de viciados adquiriram o perigoso hábito de fazer uma espécie de "consórcio" para a compra de maiores partidas de maconha, com o propósito não só de garantir o consumo, como de baratear o custo. Esse é um risco grave, porque a prisão de consumidor que seja portador de maior quantidade da droga conduz ao seu enquadramento legal como traficante. A defesa jurídica desse incauto é sempre muito difícil e complexa, porque os seus aliados no "consórcio" escorregam celeremente na hora de depor a seu favor.

Outro lado perturbador do consumo da maconha é aquele que representa a ultrapassagem da fronteira entre o que deve e o que não deve ser feito por uma pessoa normal. Arrombada essa porta, inicialmente com o fumo de um baseado, que "não faz mal", "não vicia", está aberto o caminho para drogas mais fortes, como a cocaína e outras derivadas da própria maconha.

Esses viciados, que não se consideram viciados, parecem não perceber que estão a alimentar a cadeia da criminalidade, porque é o consumo aberto, a procura pela droga, que estimula a formação das quadrilhas e o tráfico violento, que chama a atenção do mundo para países como o Brasil e o México.

Enfim, os participantes da passeata da maconha, realizada dias atrás em São Paulo, têm alta dose de culpa nesse processo, mas certamente não estão nada preocupados com isso. Desde que a droga esteja ao seu alcance, tudo o mais é supérfluo, nada mais importa.

O regime democrático é o mais salutar de todos, porém nos obriga a engolir sapos permanentemente. Mas para conseguir deglutir um sapo como esse a gente tem de empurrar com os dedos goela abaixo, porque senão não passa.

* DESEMBARGADOR APOSENTADO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO
Fonte: O Estado de S. Paulo Online 

domingo, 29 de janeiro de 2012

Celular e alguns truques.


CONHEÇA AS TRÊS UTILIDADES QUE ESTÃO ESCONDIDAS EM SEU CELULAR:

Três coisas que você nunca soube sobre seu celular. 
Será útil manter essas informações com você. 
Existem algumas coisas que podem ser feitas em caso de emergência. 
Seu celular é uma ferramenta que pode salvar sua vida. 
Veja o que ele pode fazer por você: 

Emergência I:
O número universal de emergência para celular é 112 
Se você estiver fora da área de cobertura de sua operadora e tiver alguma emergência, disque 112 e o celular irá procurar conexão com qualquer operadora possível para enviar o número de emergência para você, e o mais interessante é que o número 112 pode ser digitado mesmo se o teclado estiver travado. Experimente! 

Emergência II: *3370# 
Vamos imaginar que a bateria do seu celular esteja fraca. Para ativar, pressione as teclas: *3370# 
Seu celular irá acionar a reserva e você terá de volta 50% de sua bateria. Essa reserva será recarregada na próxima vez que você carregar a bateria. 

Emergência III: *#06# 
Para conhecer o número de série do seu celular, pressione os seguintes dígitos: *#06# 
Um código de 15 dígitos aparecerá. Este número é único. Anote e guarde em algum lugar seguro. Se seu celular for roubado, ligue para sua operadora e dê esse código. Assim eles conseguirão bloquear seu celular e o ladrão não conseguirá usá-lo de forma alguma. Talvez você fique sem o seu celular, mas pelo menos saberá que ninguém mais poderá usá-lo. Se todos fizerem isso, não haverá mais roubos de celular.

Deficiências do respeito...

video

sábado, 25 de junho de 2011

Deus e religião

Este é um assunto que sempre cria discussões acaloradas, pois a maior parte dos interlocutores quer que o outro creia que DEUS e religião são coisas unas.
Querem sempre vangloriar-se de que a religião do outro sempre está errada e a sua é sempre correta, às vezes até mesmo fazendo interpretações do livro sagrado para justificar a sua afirmação.
Pobres coitados !!!
Até quando vão manter o próprio orgulho, vaidade, a ânsia de poder na frente da verdade?
Qual é a verdade?
Para todos os que se dizem religiosos, que creem na existência do Criador, e se mantêm nas mais diversas denominações religiosas, não há religião que seja a única, a verdadeira, que seja aquela que o Criador deixou para todos seguirem, pois as religiões todas, sem exceção, foram criadas pelo ser humano.
Digam se há algo infalível, com a profundidade, amplitude, seriedade que o Pai Eterno é, e que o ser humano criou?
Simplesmente não existe!
As religiões humanas são válidas para orientar, encaminhar, esclarecer, mas o devoto, o crente (em Deus), deve saber onde está a sua fé.
Deus não deixou nenhuma religião a ser seguida.
Deixou a palavra de ordem básica e que parece que ninguém entende: Mude a sua natureza.
Surpreso? Onde está escrito isso?
Nas entrelinhas dos diversos livros sagrados.
O Pai Eterno quer que mudemos nossa natureza.
Do humano para o sagrado, do descrente para o crente, do mal para o bem, do orgulhoso para o humilde, do avarento para o caridoso...
No caso dos cristãos, vocês acham que a frase AMAR O TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO é o quê?
Para você amar alguém, primeiro você deve se amar, pois ninguém dá algo que não possui.
Isso exige mudanças.
Você deve conseguir ver no próximo aquilo que você gostaria que o próximo visse em você, e para conseguir isso, haja reflexão e boa vontade. Tem que ter fé, tem que acreditar.
Você quer respeito? Primeiro respeite o próximo!
Você quer atenção? Primeiro dê atenção ao próximo!
De nada adianta entrar na missa, culto, sessão ou seja lá qual for a denominação da reunião de fiéis da sua religião, e dar atenção, ser bondoso, ser generoso às pessoas ali reunidas, se quando sai dali, não consegue fazer o mesmo com as pessoas que não são da mesmo denominação.
A fé sem obras é morta!!!!
Não acredita?
Darei exemplos mundanos para relacionar.
Você está doente, logo, você ACREDITA que se for ao médico você obterá a cura.
Você gosta da sua namorada(o), esposa(o), filha(o), mãe, pai, então você demonstra seu afeto de variadas formas. Abraçando, beijando, sorrindo, presenteando, etc, pois você ACREDITA que isso vai agradá-los.
A fé é assim. Não é nada miraculoso, cheio de mistérios, ocultismo e o escambau à quatro como fazem por aí. Não é aquela discussão acadêmica e estéril que fazem sobre o assunto. É exercício, é gostar do que é certo e fazê-lo.
Você é um motorista de carro. Tem habilitação (fé), tem o carro (virtude), logo tem que dirigir o carro, senão você perde a prática, tem que voltar à escola (introspecção) para se habilitar novamente e poder dirigir o carro.
A fé é tão simples e ao mesmo tempo tão profunda, que muitos maiorais, muitos entendidos em religião fazem um circo em cima do assunto, que acaba parecendo para nós, meros humanos mortais, que nunca chegaremos à tê-la.
Deus não vê qual roupa você usa para conversar com ele, se você cobre a cabeça com manto, usa chapéu, boné, se é careca, se está de bermuda, calça ou saia, tamanco ou chinelos, sapatos ou tênis.
Na verdade creio que ele vê à todos nós apenas pela alma, espírito ou qual seja o nome que muitos dão à vida eterna que habita neste corpo carnal. Essa deve chegar-se a ele sem máscaras, limpa, crente, humilde, reverente.
Se há crença na conversa, oração, prece ou reza que se faz, isso é o que importa. Inventa-se mil fórmulas para conversar com Deus, e não é isso que ele quer.
Deus quer sua sinceridade, sua fé, seu respeito, mas acima de tudo, a mudança de sua natureza, pois quando você conseguir isso, verá que sua conversa com o Pai fluirá naturalmente, sem fórmulas, sem tradutores.
Será tão natural, será tão espontânea, como se você estivesse conversando com alguém próximo, de carne e osso, pois haverá respeito, reverência, sinceridade, fé, profundidade.
Você vai gostar de Deus. Você o terá como seu confidente. Vai estar tão conectado e próximo que nem vai perceber que está orando.
Muitos tratam o Pai Eterno como um rei severo, com a espada na mão e chicote na outra para lhe castigar.
Nada disso!!!
Deus já sabe de tudo o que você precisa, mas ele quer que você seja humilde o suficiente para pedí-lo, seja responsável, se esforce para conseguir o que deseja e precisa.
Não pedir tudo, para receber na mão, de graça.
Tem que ter fé e exercitá-la.
Das religiões eu digo que a importância delas todas é que pregam que Deus, o Criador de Todas as Coisas, o Pai Eterno existe e deixou várias mensagens para nós.
Somente isso e mais nada que isso.
O resto que falam de si próprias, com pompa ou sem pompa, é tudo invenção humana, que acaba confundindo, atrapalhando, misturando política humana com pitadas de vaidade, orgulho, misturados com ânsia de poder, falta de respeito ao próximo, assando tudo no forno brando da ignorância.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Aparências, nada mais...

No rolar dos anos, viver desafios diários é uma tarefa corriqueira, que nem nos apercebemos que fazemos.

Abrir os olhos, respirar, se alimentar, aprender a andar, a falar, pegar objetos, são nossos primeiros desafios, acatando, no geral, o perfil de seus geretrizes.

Na adolescência, o desafio é ser diferente de tudo e todos, contudo, ser respeitado como indivíduo, enturmado, na moda, o impossível que é possível.

Tudo é terrivelmente difícil, teatralmente, tudo toma dimensões ora catastróficas, ora imensas, ora diminutas, conforme a variação do humor, tamanho da vontade, ou da coragem de menino que, por vezes, teima em invadir o ser aflorando para a idade adulta.

Mal saído da adolescência, já se dirigindo à largos passos, alguns para o trabalho e faculdade, outros, com a algibeira cheia, herdada da família, apenas para a faculdade, e outros só para o trabalho, já escrevem seus acordes para a idade que porventura ainda irão viver na maturidade, no que se refere a profissão, dinheiro e vida social.

Por óbvio, já que vivemos entre humanos e, na maioria da vezes, mundanos, vai se delineando a questão do status social, que por vezes ignora o status moral e espiritual, este último, já muito esquecido e "démodé" desde algum tempo.

Quando já arqueado, o peso da idade sobrepujando as forças dos músculos, pega-se a meditar sobre seus passos na terra vital, para a qual fatalmente irá voltar.

O que fiz?
Fui importante?
Fiz por merecer?
Quais as lembranças que terão de mim?
Serei eternamente lembrado?
Será que vão se lembrar da minha pessoa, após meu DNA se misturar ao da Terra?

Crentes em Deus, independentemente da linha filosófica-religiosa, imaginam-se em encontrar-se com o Criador.

Ateus e à-toas, morreu, acabou.

Será mesmo que o que as pessoas pensam, imaginam, querem de mim é realmente importante?

Será que o mais importante não é o que eu penso, imagino e quero de mim?

Sinceramente, nesta altura do meu campeonato, creio que há relativa ou pouca importância o que as pessoas pensam, imaginam ou querem de mim.

Nos dias de hoje, o desafio é aceitar que o mundo quer apenas que você tenha uma boa aparência, aparente estar sempre de bem com o mundo, aparentar não ter problemas, e sempre que possível, aparentar ser abastado.

O mundo não quer ter nem saber de nenhum problema seu.

Ele só quer seu medo, para que você realmente não seja você, que não seja livre, nem em seus pensamentos e nem no modo de agir. Quer apenas seu medo, para que você siga os padrões impostos pelo mundo, mais um escravo à serviço de modismos, vícios e aparências.

Aparências, nada mais...

sábado, 9 de abril de 2011

Cansei

Cansei.
Cansei desta vida. Cansei de todo dia ter a mesma situação à enfrentar, sem perspectiva de mudanças, sem perspectivas de melhora.
Cansei de lutar pela possibilidade de melhora no futuro. O futuro sempre é incerto, impreciso.
O futuro sempre depende das mudanças que fazemos em nosso dia à dia, e, parece que as minhas mudanças no dia à dia são erradas.
Cansei de lutar contra minhas deficiências, pois parece que sempre que tento enfrentá-las, elas se revoltam contra mim e se tornam mais fortes e de dão um contra-golpe.
Cansei de ouvir que estou errado, que não acerto, que não consigo melhorar minha vida, meus vícios, meus defeitos.
Cansei de viver a vida dos outros, a vida que acham perfeita aos outros, a vida que outros acham que eu deveria viver.
Cansei do emprego que os outros acham que eu deveria ter, ou mesmo aquele que eu não consegui ter.
Cansei...
Cansei de ter que me apresentar como se todos os dias fossem perfeitos em minha vida, cansei de ter que me apresentar como se todos os dias fossem o primeiro, cheio de perspectivas, de mudanças, do que aprender, do que viver.
Viver cansa, desgasta, entristece, principalmente quando você tem que justificar suas atitudes, atividades a quem deveria confiar em você. Isso cansa demais...

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Sonho se realizando? Dream come true?

Estreia com exemplo de austeridade

Redação Jornal da Comunidade

O deputado federal José Antonio Reguffe (PDT-DF), que foi proporcionalmente o mais bem votado do país com 266.465 votos, com 18,95% dos votos válidos do DF, estreou na Câmara dos Deputados fazendo barulho. De uma tacada só, protocolou vários ofícios na Diretoria-Geral da Casa.

Abriu mão dos salários extras que os parlamentares recebem (14° e 15° salários), reduziu sua verba de gabinete e o número de assessores a que teria direito, de 25 para apenas 9. E tudo em caráter irrevogável, nem se ele quiser poderá voltar atrás. Além disso, reduziu em mais de 80% a cota interna do gabinete, o chamado “cotão”. Dos R$ 23.030 a que teria direito por mês, reduziu para apenas R$ 4.600.

Segundo os ofícios, abriu mão também de toda verba indenizatória, de toda cota de passagens aéreas e do auxílio-moradia, tudo também em caráter irrevogável. Sozinho, vai economizar aos cofres públicos mais de R$ 2,3 milhões nos quatro anos de mandato. Se os outros 512 deputados seguissem o seu exemplo, a economia aos cofres públicos seria superior a R$ 1,2 bilhão.

“A tese que defendo e que pratico é a de que um mandato parlamentar pode ser de qualidade custando bem menos para o contribuinte do que custa hoje. Esses gastos excessivos são um desrespeito ao contribuinte. Estou fazendo a minha parte e honrando o compromisso que assumi com meus eleitores”, afirmou Reguffe em discurso no plenário.
_______________________________________________________________________________________________
Será um sonho se realizando?
Austeridade no legislativo brasileiro?
Antes tarde do que nunca, embora nunca seja tarde para uma excelente iniciativa.
Parabéns pela iniciativa e que essa atitude "contamine" os nossos deputados, tanto estaduais como federais, senadores, vereadores...
_______________________________________________________________________________________________

créditos pela reportagem: JORNAL DA COMUNIDADE http://comunidade.maiscomunidade.com/conteudo/2011-02-05/politica/1848/ESTREIA-COM-EXEMPLO-DE-AUSTERIDADE.pnhtml

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Pessoas Desaparecidas - Publicizing Missing

Todo dia pessoas desaparecem em todo canto do planeta, por diversos motivos, mal súbito, perda de memória, acidentes, sequestros, roubo, extração ilegal de orgãos, adoção ilegal, escravidão, prostituição, por vários motivos torpes e desumanos que possamos imaginar.
As vidas das famílias que esperam o retorno desses entes queridos, ficam em suspenso, elas vivem esperando a resposta, uma ligação, uma mensagem, para que, inconscientemente, possam prosseguir com suas vidas.
Imagine você, que tem seus entes queridos, esposa, mãe, filho, ou qualquer ente querido.
Imagine, por um único segundo, que essa pessoa desapareça, sem dar recado, mensagem, aviso.
Como você se sentiria?
Abandonado?
Desesperado?
Sua vida pararia até receber uma mensagem, seja de onde for, avisando sobre o destino dessa pessoa querida?
Com certeza!
Então, se você souber de casos de aparecimento de pessoas, às vezes pessoas falecidas desconhecidas, ou mesmo casos "estranhos" de crianças ou pessoas que aparecem em sua cidade, sem destino, em famílias "suspeitas", entre em contato, avise.
Você pode estar salvando, tirando uma família do suspense, mesmo que seja uma nota de falecimento, pois, o pior de tudo é não saber qual o destino.
Até isso acontecer, a vida para.
A vida fica suspensa.
Informar, mesmo uma notícia ruim, é um ato de caridade. A vida poderá prosseguir para a família que recebe a mensagem.
Participe!!!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Quem vai salvar os salvadores da Floresta Amazônica ? Who will save the saviors of the Amazon rainforest?

Assisti a uma reportagem sobre a Amazônia, e eis que, neste país "democrático", ainda existem situações peculiares, onde, PESSOAS QUE DEFENDEM A FLORESTA, são perseguidas e o PODER PÚBLICO, fica no maior MARASMO, sem dar respaldo a quem está certo, porque nossas leis são um lixo, para quem está certo, e uma maravilha, para quem é do crime. Afinal, você só é réu, após sentença transitada em julgado, isto é, se lhe pegarem no flagra, se você for filmado, fotografado, mesmo que seja por uma centena de "paparazzis", com direito a filmagem que saia até no Google Maps, você é INOCENTE, pois não há uma sentença condenatória transitada em julgado, isto é, sem mais recursos pendentes. Como diria um certo repórter: "UMA VERGONHA!"

Segue uma transcrição parcial, sobre dois HERÓIS, defensores da floresta e a realidade que vivem: (direitos de http://www.viceland.com)

"Fui conhecer a Majestade, a maior castanheira do lote de José Cláudio Ribeiro da Silva e dona Maria do Espírito Santo da Silva. Maior castanheira que eu já vi na vida, maior castanheira que ele, também, diz já ter visto. O casal vive da coleta de castanha e extração de essências da floresta, no assentamento extrativista Praia Alta Piranheira, no violento sudeste do Pará. Negam-se a negociar árvores da floresta como madeira com madeireiros da região, que serram ilegalmente até as castanheiras – que são protegidas por lei.

Recentemente o Ibama fechou duas serrarias em Nova Ipixuna, cidade mais próxima do assentamento, justamente pelo fato de terem sido encontradas castanheiras nos pátios onde as toras eram guardadas. Conscientes da ilegalidade, e de que a prática predatória é insustentável e vai levá-los à miséria, ao fim da floresta e, consequentemente, a perder a terra para a pecuária, como querem os fazendeiros do entorno, eles resistem à pressão e não vendem madeira ilegal – além de denunciarem os crimes. Atuam sozinhos, quase sem apoio de sindicato, apenas da Comissão Pastoral da Terra. Foram abandonados pela maioria das famílias do assentamento, que desistiram da resistência junto com eles na vida extrativista e sucumbiram ao aliciamento para vender as árvores, e a queimar o resto da floresta para produzir carvão para a indústria siderúrgica em Marabá. Pela atuação política que travam em defesa da floresta, são ameaçados de morte."


Adianta fechar serrarias e aplicar multas que nunca serão pagas? Presidente, Senadores e Deputados Federais, alterem a lei para por na cadeia os que extraem madeira ilegal, do peão ao dono de serraria !!!

No Rio de Janeiro, já foi provado que quando se tem vontade política, resolve-se o problema.

Quando é que vão ser unidas as forças necessárias para salvar os salvadores anônimos da Amazônia? Até lá...

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Transparência Brasil - Transparency Brazil

Para você que deseja saber como, onde e quando são gastos os recursos públicos, que deseja DENUNCIAR irregularidades feitas com recursos públicos ou seja, com nosso dinheiro, aí está a sua OPORTUNIDADE. Ajude apontando irregularidades, fiscalize, colabore. Ajude para ser ajudado, pois, se conseguirmos reduzir a CORRUPÇÃO neste país, estaremos nos ajudando!!! http://www.portaltransparencia.gov.br

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Direitos humanos... - Human rights ...

Recebi um email, desses que fazem correntes na internet, portanto não sou o autor e não sei quem o seja, mas achei seu conteúdo bem interessante, por isso, segue abaixo. Importante observar o ponto de vista da sua interlocutora. Pense nisso !!!

"Prisão é para punição e para dar exemplo. Pensar em recuperação é romantismo e utopia.


PRESTE ATENÇÃO!


Carta enviada de uma mãe para outra mãe em SP, após noticiário na TV:

DE MÃE PARA MÃE:
*Vi seu enérgico protesto diante das câmeras de televisão

contra a transferência do seu filho, menor infrator, das dependências da FEBEM em São Paulo para outra dependência da FEBEM no interior do Estado.


*Vi você se queixando da distância que agora a separa do seu filho, das dificuldades e das despesas que passou a ter para visitá-lo, bem como de outros inconvenientes decorrentes daquela transferência.

*Vi também toda a cobertura que a mídia deu para o fato, assim como vi que não só você, mas igualmente outras mães na mesma situação que você, contam com o apoio de Comissões Pastorais, Órgãos e Entidades de Defesa de Direitos Humanos, ONGs, etc...

*Eu também sou mãe e, assim, bem posso compreender seu protesto.Quero com ele fazer coro.

*Enorme é a distância que me separa do meu filho.

*Trabalhando e ganhando pouco, idênticas são as dificuldades e as despesas que tenho para visitá-lo. Com muito sacrifício, só posso fazê-lo aos domingos porque labuto, inclusive aos sábados,para auxiliar no sustento e educação do resto da família...

*Felizmente conto com o meu inseparável companheiro, que desempenha para mim importante papel de amigo e conselheiro espiritual.

*Se você ainda não sabe, sou a mãe daquele jovem que o seu filho matou estupidamente num assalto a uma vídeo-locadora, onde ele, meu filho, trabalhava durante o dia para pagar os estudos à noite.

*No próximo domingo,quando você estiver abraçando, beijando e fazendo carícias no seu filho, eu estarei visitando o meu e depositando flores no seu humilde túmulo, num cemitério da periferia de São Paulo...

*Ah! Ia me esquecendo: e também ganhando pouco e sustentando a casa, pode ficar tranqüila, viu, que eu estarei pagando de novo, o colchão que seu querido filho queimou lá na última rebelião da Febem.

Nem no cemitério, nem na minha casa, NUNCA apareceu nenhum representante destas "Entidades" que tanto lhe confortam, para me dar uma palavra de conforto, e talvez me indicar "Os meus direitos"!

Se concordar, circule este manifesto!

Talvez a gente consiga acabar com esta inversão de valores que assola o Brasil.

DIREITOS HUMANOS

SÃO PARA

HUMANOS DIREITOS"

domingo, 28 de novembro de 2010

Rio de Janeiro e a Guerra ao Tráfico - Rio de Janeiro and the War on Traffic

Finalmente o Poder Público mostrou que, quando há interesse, consegue realizar a sua função Estatal básica. Precisou que um evento mundial, como a Copa do Mundo, onde interesses econômicos milionários se aliam ao esporte mais difundido no planeta, pusesse o estado brasileiro no trilho do cumprimento das suas obrigações.

A vergonha nacional, exposta na mídia durante décadas, aparentemente foi dominada. Dominação não quer dizer exterminação.

O extermínio só será possível com políticas públicas extensivas nas áreas retomadas, bem como, participação popular e medidas policiais preventivas.

Tomara que o Estado faça isso em outras regiões do Brasil, onde prostituição, tráfico e anomalias sociais presentes no cotidiano das pessoas, arruinam a paz social.

É necessário que os políticos deste país, tomem a vergonha necessária para que sejam promovidas mudanças nas leis criminais, em especial, a Lei de Execuções, pois não adianta endurecer a lei penal, na capitulação dos delitos e respectivas penas, se na execução da pena concedem "benefícios" aos bandidos, onde uma pena de dez anos, acaba sendo cumprida pela metade, aparentando ser de pouca ou nenhuma importância para o Estado, o que a ou as vítimas passaram.

Benefícios deveriam ser dados às vítimas, não para pessoas que fazem questão de desrespeitar a lei, os bons costumes, a paz social e desvirtuar a moral. Estes últimos merecem cumprir suas penas, tão somente isso.

Ainda me envergonho de saber que são concedidos benefícios, como prêmio ou para acalmar os ânimos em presídios. Bandido tem o direito de ficar vivo e o dever de cumprir suas penas.

Incrível que, num país deste tamanho e importância, nossa legislação, em especial a de Execuções Penais, seja tão "bondosa" com pessoas que só trazem prejuízos ao cidadão, à sociedade e ao pais.

Custa mais caro manter um bandido na prisão, do que uma criança na escola. Será que é por isso que a legislação é "bondosa"? Gostaria de saber de onde tiraram a ideia de conceder o direito, ao preso, de ter "visitas íntimas"? Pra quê? Igual ao que o Capitão Nascimento diz em um de seus filmes, para produzir mais "sementes do mal"? Direito básico o preso teria, se fosse cidadão cumpridor de suas obrigações.

Quando deixa o caminho da vida honesta, se torna um cidadão à margem da lei, torna-se um cidadão de segunda categoria, onde "perde" seus direitos. Isso deveria ser a primeira das medidas da lei, como coação, como desestímulo ao crime.

Bandido vota prá quê? Só se for para votar em bandido. Ah, agora eu sei de onde saem leis "bondosas", talvez criadas por outros iguais a eles, naqueles que votaram, e eventualmente se tornaram legisladores.

Agora, que a população consegue contribuir para isso, disso não tenho dúvida. A "semente do mal" nasce dentro da sociedade, não vem do espaço, de outro mundo. Um exemplo disso, é quando o filho do vizinho apronta alguma, logo vem alguém dizendo que isso não é coisa que se faça, que os pais deveriam dar um corretivo, deve ir para cadeia, etc e tal. Contudo, quando o próprio filho apronta, vem dizendo que a culpa é dos outros, que alguém o desencaminhou, que é um coitado, etc e tal. População hipócrita !

Gostaria de saber donde o legislador tirou a ideia fabulosa, que só pode responsabilizar o cidadão, como adulto, aos dezoito anos? Cada "cavalo" que se vê por aí, dizendo que não dá nada para ele, posto que é "de menor".

Então, diante de tudo acima exposto, apenas se o Estado Brasileiro tomar conta do Rio de Janeiro, com o mesmo respeito e carinho que a lei tem por seus bandidos, a população se envolver com as políticas sociais e medidas preventivas forem tomadas, o cidadão honesto que vive por décadas naquele pedaço de Brasil, terá a chance de ter paz de verdade. Senão, quando a Copa e Olímpiadas acabarem, tudo volta ao que era dantes...

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Pós-Graduação - Postgraduate

Existem diversas formas de você prosseguir seus estudos,desde a graduação até o doutorado, então postarei algumas instituições que financiam estudos, além dos próprios bancos, onde existem linhas de crédito com perfil voltado para o estudo.
Na atualidade, há mais facilidade de aperfeiçoamento e aprofundamento do conhecimento.
No atual sistema de disputa pelas melhores posições, carreiras no mercado de trabalho, há necessidade de atualizar e aprofundar seu conhecimento, pois as melhores posições ficam com os melhores currículos. Não existem milagres.
Bom, você ainda pode ganhar na megasena, mas, para não perder tudo, como já aconteceu com alguns ganhadores, precisa saber aplicar e administrar, e aí, precisa de conhecimento.
Também há necessidade de dominar, no mínimo, um idioma. No doutorado, são dois idiomas, não valendo o "enrolation".
Mãos à obra !!!

http://www.capes.gov.br
http://www.cnpq.br
http://www.finep.gov.br
http://www.fapesp.br
http://www.maisestudo.com.br

sexta-feira, 26 de março de 2010

Sociedade e Criminalidade - Society and Crime

Sob a óptica do cidadão comum, imagino que as pessoas que decidem como e quando fazer as leis e as políticas públicas deste País, não conhecem a vida rotineira do cidadão comum.
Estão tão atarefados sendo importantes, definindo e achando quais coisas são boas para nós, pobres mortais, que não conseguem, ou não querem enxergar, que a sociedade cria e sofre as conseqüências de sua cria.
Qual é a cria?
Os meliantes, os bandidos, ladrões, estupradores, estelionatários, assassinos, pedófilos, arrombadores, traficantes e outros adjetivos que personificam a profissão de criminoso.
Somos nós, cidadãos do País, que criamos essa raça de pessoas que resolveram simplesmente ignorar o bom senso, a amizade, a moral, os bons costumes, e criar o terror psicológico para as pessoas cumpridoras das leis.
Qual é o papel que podemos ter para diminuir esse tipo de cria social?
Poderíamos parar de ser acomodados, e achar que a função de resolver o problema é do “governo”.
Também podemos parar de ser medíocres, e achar que o problema acontece com os outros e nada temos com isso.
Quando estamos com um problema, corremos atrás de qualquer um que possa resolvê-lo. Qual o custo de um meliante para o Estado?
Você já imaginou toda a estrutura criada para prevenir, reprimir, investigar, processar e custear um prisioneiro?
É, meu amigo, realmente você não está sabendo o que você paga. Também não sabia?
Impostos, taxas e outros embutidos naquele celular novo que você ganhou do seu pai, no par de tênis de marca, no chocolate da cantina da escola, no “refri”, na camisa, no arroz, etc...
Você não acha que se todo esse dinheiro gasto, fosse bem gasto, este País não estaria melhor?
Você tem tudo com isso, afinal, você PAGA por isso !!!
Você tem tudo com isso, afinal, você ELEGE a pessoa que decide como você PAGA por isso !!!
Você tem tudo com isso, afinal, você tem a OBRIGAÇÃO de DELATAR, DENUNCIAR, mesmo anonimamente, quem comete um crime, e quem DESVIA do setor público o dinheiro que VOCÊ PAGA CARO!!
Viu como você, eu, e toda a sociedade tem tudo com isso ?

domingo, 7 de março de 2010

Abrapa - Brazilian Association of Support for Persons with AIDS

Pessoal, quem puder acessar a home page dessa instituição e divulgar o trabalho que eles realizam, seria muito bom. Afinal, saúde todos temos, perdê-la depende, muitas vezes, de circunstâncias acima de nossas decisões ou vontade, embora a decisão de como enfrentamos isso seja nossa exclusividade. 

Dualidades - Dualities

Há momentos da vida que desejamos que não existissem.
Contudo, devemos atravessá-los como se nada mais importante existisse.Muitos diriam que isso é comum, corriqueiro até.
Eu lhe digo que isso acontece a cada minuto de nossas vidas.
Inicialmente, como se fosse uma inspiração, como uma ideia trazida pelo vento e que entra em nossos corações, que se instala em cada passo que damos em nossa breve estadia neste planeta. Se isso será um passo bom ou mau, depende exclusivamente de nossas decisões.
Se "pinta" uma "fofoca", uma palavra mais áspera contra uma pessoa que nos incomoda, independentemente da razão, em virtude de diferença no grau social, por ser pobre ou rica, por ser branca, negra, amarela, judia ou muçulmana, budista, protestante ou espírita, qual a decisão à tomar?
Sua decisão é que revelará qual a natureza, qual a nobreza de sua alma.
Independentemente da religiosidade da pessoa, ou mesmo da ausência dessa, todas as pessoas gostam de privacidade, respeito e decência nos comentários que lhe dizem respeito.
Se fosse conosco, será que não gostaríamos que fosse assim?
Então, não nos enganemos, não vamos agir com às pessoas que nos cercam, com o próximo, diferentemente de como agiríamos conosco mesmo, ou que desejaríamos que agissem conosco.
Fazer diferente disso é HIPOCRISIA.
Se cometermos um erro, vamos pedir desculpas, perdão. Errar é humano, pedir desculpas é ser humilde, é legal.
Se errarmos, gostaríamos que nos perdoassem, então, vamos perdoar, vamos desculpar.
Se pedirmos, algo, vamos pedir "Por favor".
Se fazem algo por nós, falemos "Obrigado".
Se não precisamos ser ajudados, vamos estender nossa capacidade ao próximo que precisa, mesmo que ele não peça.
Se você precisasse de ajuda, você iria querer se "humilhar", pedindo ajuda, ou iria querer que alguém lhe ajudasse sem você pedir?
Amar ao próximo como a si mesmo, ainda está longe disso. Mas se praticarmos, chegaremos lá. O ser humano atual, creio eu, está longe de entender a profundidade de "amar ao próximo como a si mesmo".

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Mais um som... Don't Cry - Guns N'Roses - One more sound ... Do not Cry - Guns N'Roses

Excelente som, com boa letra e um vídeo legal...


Não Chore

Fale comigo suavemente,
Há algo em seus olhos
Não abaixe sua cabeça na tristeza
E por favor, não chore

Eu sei como você se sente por dentro,
pois eu também já me senti assim
Algo está mudando dentro de você
E você não sabe

Não chore esta noite
Eu ainda amo você, querida
Não chore esta noite
Não chore esta noite

Há um paraíso acima de você
E não chore esta noite
Me dê um sussurro
E me dê um suspiro

Me dê um beijo antes de você me dizer adeus
Não leve isto tão à sério agora
E por favor, não leve isto tão à mal
Eu ainda estarei pensando em você

E nos momentos que tivemos, querida
E não chore esta noite
Não chore esta noite
Não chore esta noite

Há um paraíso acima de você
E não chore esta noite
E por favor, lembre-se que eu nunca menti
E por favor, lembre-se como eu me senti agora, querida

Você tem que fazer seu próprio caminho
Mas você se sentirá bem, doçura
Você se sentirá melhor amanhã
Venha para a luz da manhã agora, querida

E não chore esta noite
Não chore esta noite
Não chore esta noite
Há um paraíso acima de você

Não chore, nunca chore
Não chore esta noite
Baby, talvez, algum dia
Não chore, nunca chore
Não chore esta noite

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Nirvana - Smells Like Teen Spirit

A letra desta música não diz muita coisa, por isso, nem vou postá-la, apenas o som é legal !!

Tonalidades... - Shades ...

Tonalidades

Ainda hoje, em pleno século XXI, vemos os diversos conflitos, discriminação, abusos, por causa da cor da pele que nos veste.
Mesmo nas empresas, há diferença salarial em razão da cor da pele; quanto mais branco, maior o salário, maior a possibilidade de ocupar um cargo de direção ou chefia.
Isso é século XXI ?
Parece piada, mas querem encaminhar o Homem à Marte, fixar residência na Lua, e tem gente que ainda diferencia o ser humano por gradação de uma cor de pele !
Para mim isso é sentimento de inferioridade, encoberto pela máscara da discriminação. É o medo embutido, medo que a gradação de uma cor seja mais eficiente, traga melhores resultados, sejam profissionais, sociais e outros “ais” que existam.
Há também a discriminação do discriminado.
O sentimento da discriminação, mesmo quando não há, é comum.
Sempre acusa, principalmente nos momentos de holofotes, da ocorrência da discriminação, apenas por autopiedade, para explicar sua aversão embutida à matiz que acusa.
Geneticamente, o DNA, os órgãos, sangue, estrutura esquelética, muscular, é comum à todas as raças.
Então, o que diferencia uma raça da outra?
As tonalidades ?
Como o arco-íris não possui uma cor apenas, os animais, os vegetais, a raça humana também não.
É óbvio que as explicações dos historiadores, geneticistas, biólogos e etc, vão por outro caminho, e nem me arrisco em aventurar-me por essas áreas.
Então, o que diferencia você, do seu irmão de outra raça?
Apenas tonalidades !

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

sábado, 30 de janeiro de 2010

Uma das minhas preferidas... - One of my favorite ...

Uma música para começar bem o dia !!!!

Oque há de novo?

4 Non Blondes


Vinte e cinco anos e minha vida ainda
estou tentando subir aquela grande montanha da esperança
Por um destino
Eu percebi rapidamente quando eu soube que deveria
Que o mundo foi feito para esse
Irmandade do homem
Para o que isso significa
E então eu choro às vezes quando estou deitada na cama
Apenas para excluir tudo o que está na minha cabeça
E eu, eu estou me sentindo um pouco peculiar
E então eu acordo de manhã e saio lá para fora
E eu tomo um fôlego profundo
E eu fico realmente bem
E eu grito do alto de meus pulmões
O que está acontecendo?
E eu canto hey-yeah-yeah-eah, eah hey yea yea
Eu disse hey! o que está acontecendo?
E eu canto hey-yeah-yeah-eah, eah hey yea yea
Eu disse hey! o que está acontecendo?
E eu tento, oh meu Deus como eu tento
Eu tento o tempo todo
Nesta instituição
E eu rezo, oh meu Deus eu rezo
eu rezo todos os dias
para uma revolução
E então eu choro às vezes quando estou deitada na cama
Apenas para excluir tudo o que está na minha cabeça
E eu, eu estou me sentindo um pouco peculiar
E então eu acordo de manhã e saio lá para fora
E eu tomo um fôlego profundo
E eu fico realmente bem
E eu grito do alto de meus pulmões
O que está acontecendo?
E eu canto hey-yeah-yeah-eah, eah hey yea yea
Eu disse hey! o que está acontecendo?
E eu canto hey-yeah-yeah-eah, eah hey yea yea
Eu disse hey! o que está acontecendo?
Vinte e cinco anos da minha vida ainda
estou tentando subir aquela grande montanha da esperança
Por um destino

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Globalização das Ideias - Globalization of Ideas


A globalização, claramente identificável na internet, com os instrumentos de divulgação como google, youtube, msn, hotmail e outros, não permitem mais a privacidade ou a concentração da informação, ideias em uma única pessoa ou instituição.
Na televisão aberta temos a Globo, Record, SBT entre outras, que possuem programas e instrumentos de divulgação da notícia de várias profundidades, alcances e horários.
Tudo isso é bom, pois a manipulação da informação e das ideias, direcionando-as para um caminho ou outro, é prejudicial, é pura doutrina. Isso é que acabou, respeitadas as devidas proporções, criando impérios, ditaduras e guerras. Olhem e entendam a História.
É bem verdade que o internauta extrapola, deixando sua vida, de seus familiares e amigos, às vezes em perigo, às vezes no ridículo, por não saber o limite do razoável, do bom senso e do bom gosto, como por exemplo, no caso do Orkut.
Uma coisa é partilhar fotos, vídeos, jogos e músicas, outra é deixar informações preciosas à bandidos, meliantes que podem localizar e destruir uma ou várias vidas, conforme o caso.
A própria internet é, na maioria das vezes, usada de forma errônea. É óbvio que é uma forma barata e rápida de diversão, fazer download da sua música e filme preferidos, jogar os MMORPG da vida, (como eu faço), bater papo com amigos. Também é para localizar concursos públicos, empregos, cursos, sejam gratuitos ou pagos, aperfeiçoamento pessoal, para fins de trabalho, entre inúmeras coisas.
Contudo, a difusão da pornografia criminosa, inclusive infantil, crimes em geral, é espantosa, nem é preciso dizer. Creio que faltam meios legais e um “pouco” da boa vontade dos homens (e mulheres) públicos para minimizar tal difusão, maximizar os instrumentos de fiscalização, e, como nada é feito por meio de “bola de cristal”, a denúncia do internauta consciente, mesmo que seja anonimamente.
A vida é para ser vívida e vivida de forma plena, consciente e integral. Não podemos, mesmo como pessoa física, nos escusar de participar do combate às ideias, informações, atos ou inércias perniciosos à nós ou à sociedade.
Hoje a vítima é alguém desconhecido. Amanhã pode ser eu ou você.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Verdade em Formato Musical ! - Truth in Musical Format!


Cats in the cradle (gatos no berço)

Meu filho chegou há uns dias atrás
Veio ao mundo do modo comum
Mas havia aviões a tomar e contas a pagar
Ele aprendeu a andar enquanto eu estava longe
Ele estava falando num instante
E enquanto crescia
ele dizia: 'Vou ser igual à você, papai,
Você sabe eu que vou ser igual a você.'

E os gatos no berço e a colher de prata
O garotinho triste e o homem na lua.
'Quando você vier para casa, filho, não sei quando
ficaremos juntos então.
Você sabe que teremos bons momentos então.

'Bem, meu filho fez dez anos a alguns dias atrás.
Ele disse, 'Obrigado pela bola, papai.
Vamos lá, vamos jogar.
Você poderia me ensinar a arremessar?
'Eu disse, 'hoje não, tenho muita coisa a fazer.
Ele disse:"Tudo bem."
E ele foi embora e ele sorriu e disse,
'Sabe, vou ser como ele, sim.
Sabe, vou ser como ele".

E os gatos no berço e a colher de prata
O garotinho triste e o homem na lua.
'Quando você vier para casa, filho, não sei quando
ficaremos juntos então.
Você sabe que teremos bons momentos então.

'Bem, ele chegou da faculdade há uns dias atrás,
Assim como um homem, eu simplesmente tinha de dizer,
'Estou orgulhoso de você.
Você poderia se sentar por um instante?
'Ele balançou sua cabeça e disse com um sorriso,
'O que eu gostaria mesmo, é tomar emprestado as chaves do carro.
Vejo você mais tarde, posso pegá-las por favor?

E os gatos no berço e a colher de prata
O garotinho triste e o homem na lua.
'Quando você vier para casa, filho, não sei quando
ficaremos juntos então.
Você sabe que teremos bons momentos então.

Eu me aposentei faz muito tempo, meu filho se mudou,
Telefonei para ele há uns dias atrás
'Eu gostaria de ver você, se você não se importar.
'Ele disse, 'Eu adoraria, papai, se eu conseguisse achar tempo.
Você entende, meu novo novo emprego é uma luta e as crianças estão com gripe,
Mas com certeza foi bom falar com você.
'E quando eu desliguei o telefone me ocorreu,
que ele tinha crescido igualzinho a mim,
Meu garoto era igualzinho a mim.

E os gatos no berço e a colher de prata
O garotinho triste e o homem na lua.
'Quando você vier para casa, filho, não sei quando
ficaremos juntos então.
Você sabe que teremos bons momentos então.

http://www.youtube.com/watch?v=B32yjbCSVpU

Nem sei ! Do not know!

Às vezes queremos expressar ideias, sentimentos, realizações e desilusões, porém, faltam palavras à serem pronunciadas ou, quando são, as fazemos de forma equivocada ou truncadas.
A ideia deste blog, embora eu não seja escritor ou um exímio "escrevedor" do português, coisa que em breve poderá verificar, com as incorreções aqui inseridas, é justamente expor opiniões a respeito de diversos assuntos e "ouvir" eventuais opiniões contrárias ou complementares. Comecei com uma música que, na minha opinião, retrata muitos relacionamentos entre pais e filhos, cujo som é muito bom. Rock também é cultura !!! Yeah...

Sometimes we want to express ideas, feelings, achievements and disappointments, but no words were spoken to or when they are, do them in error or incomplete.
The idea of this blog, although I'm not a writer or expert 'escrevedor "in Portuguese, English and very bad, something that may soon see, with the inaccuracies included here, is just expressing opinions about various issues and hear "Any additional or contrary opinions. I started with a song in my opinion, portrays many relationships between parents and children, whose sound is very good. Rock is also culture! Yeah ... The translation of some texts is google translator. English readers, my apologies ....